Páginas

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Uma única vez





Eu deixaria de ser um ser de luz
Apenas para poder uma única vez te tocar.
Seria um simples mortal;
Seria capaz de sentir toda dor carnal.

Eu trocaria a eternidade
Apenas para poder uma única vez te abraçar.
Eu trocaria a eternidade
Para poder pela última vez te olhar.

Eu trocaria minha vida pela sua;
Eu renunciaria aos meus direitos...
Eu trocaria a eternidade apenas para te fazer feliz,
Sofreria o castigo maior para te ver sorrir.

Eu renunciaria às minhas lembranças;
Eu trocaria o direito de amar;
Eu deixaria a eternidade
Apenas para uma única vez te beijar.


Grato a quem entendeu a intertextualidade...

3 comentários:

M.Tindo disse...

Eita, entendi não, ó. Explica aí, vá lá.

Rodrigo Slama disse...

Está de sacanagem?

M.Tindo disse...

Sempre.