Páginas

sábado, 1 de maio de 2010

Uma única vez

Eu deixaria de ser um ser de luz
Apenas para poder uma única vez te tocar.
Seria um simples mortal;
Seria capaz de sentir toda dor carnal.

Eu trocaria a eternidade
Apenas para poder uma única vez te abraçar.
Eu trocaria a eternidade
Para poder pela última vez te olhar.

Eu trocaria minha vida pela sua;
Eu renunciaria aos meus direitos...
Eu trocaria a eternidade apenas para te fazer feliz,
Sofreria o castigo maior para te ver sorrir.

Eu renunciaria às minhas lembranças;
Eu trocaria o direito de amar;
Eu deixaria a eternidade
Apenas para uma única vez te beijar.


PS.: Qualquer semelhança com palavras de Seth, de Cidade dos Anjos, não é mera coincidência...

2 comentários:

Mark Tindo disse...

O problema é quando acontece o que aconteceu em Cidade dos Anjos.
A única expressão que me vem à mente é: "reiou-se".
É baseado em experiências reais?

carlasobreira disse...

Juro que esperei o "mas" após as imperfeições dos pretéritos.
Como um novo fim para a "reiada"...rs.