Páginas

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Lição

“– Tinha acordado naquela manhã quente e de chuva forte. Não sabia se continuava sonhando ou se já tinha realmente acordado. Ao meu lado estava ela, nada mais além dela. Não sabia o que fazer. Decidi então preparar o café e levá-lo pra cama.
Chamei, chamei, e ela nem se mexia. Pensei no pior. – Será que ela não agüentou meu bafo e morreu? Ou foi a pressão, na parte sexo animal da palavra, que a fez desistir da vida?
Pro meu celestial alívio ela acordou e me deu um beijo bem forte e gostoso, levando em conta a não escovação dental. E me perguntou sorridente e surpreendida. – É pra mim esta bandeja de café maravilhosa? Respondi que sim. Ora essa! Quem mais estava ali a não ser ela? Se fosse pra mim não levaria pro quarto, comia na cozinha mesmo.
Após o café tomamos um longo e relaxante banho, banho daqueles que só os preguiçosos e vagabundos tem direito logo numa manha de terça-feira. Mas eu juro que não sou preguiçoso ou vagabundo, pode ver que estou aqui trabalhando, ou melhor, estou aqui no meu local de trabalho.”

Disse Fernando ontem pra quem quisesse ouvir e escutar. Ele é daqueles tipos amostrados, dos quais todo mundo detesta, porém atura pra poder, quem sabe, tirar algum proveito do dinheiro que ele tem. Mal sabe ele que a mulher que ele dormiu achando que era moça de família é uma golpista. Conheço, pois já tive, e de certa forma tenho, um caso com aquela beleza. Ela é realmente uma monstra na cama, não se contenta com pouco não. Tem que ter de tudo!

2 meses depois...

– Pó, meu amigo, aquela mulher me estourou meus cartões de credito, me fez passar quase todos os meus bens pro seu nome, e eu nem percebi. – Veio o mala me dizendo.
– Entendo, meu amigo, tentei te avisar, mas você não iria acreditar em mim. Aquela mulher é assim mesmo, mas também com aquelas coxas, bunda, seios...
– Como é que você sabe que ela tem tudo isso de bom? – Ele desconfiado e surpreendido perguntou.
– Todos aqui da repartição sabem, ela era secretária do nosso antigo chefe e saiu pouco antes de você chegar. Todos já tiveram alguma relação com ela, falo de relação sexual. Peraí, vou ser mais claro. Ela já deu pra todo mundo daqui!
– E ninguém me disse nada?! – Indagou coçando a cabeça.
– Você vivia se gabando de sua noiva, de como ela era linda, e tudo mais...
– Realmente. Isso vai me servir de lição. E eu achando que ela era virgem.
– Mas ela é, nasceu em setembro!
– Que engraçado.
– Engraçado é o porteiro lá de baixo que não tinha nada, nem se quer dentes, sair num carro importado.
– Que carro?
– Uma Mercedes azul, não sei o ano ou mais detalhes. Não entendo de carro entende?
– Ah filha da puta! Me trocou por um desdentado.
– Mas ele tem a fama de que tem 36cm, e não to falando da altura.
...

Nenhum comentário: